Dormindo a noite toda

Posted by on 10 / abr / 2010 in Dicas de Prima | 4 comments

1 Flares Twitter 1 Facebook 0 Filament.io 1 Flares ×

Se você quer que seu filho durma como um anjo, buy comece a agir desde cedo, here nos primeiros meses do bebê. Especialistas são unânimes ao dizer que a base para o bom hábito noturno se forma antes do primeiro aniversário. “Esse treino deveria começar lá pelos 4 meses, quando os bebês desenvolvem a habilidade de dormir sozinhos e por longos períodos durante a noite”, diz Jodi Mindell, autor de Sleeping Through the Night (“Dormindo a Noite Toda”). Antes disso, conforme-se. Você vai ter de acordar algumas (muitas) vezes durante a noite. A partir do momento que seu filho chega à fase entre 4 e 6 meses (depende da criança), aí, sim, você pode esperar que ele durma a noite toda. Parece um sonho, mas… como? Aprenda as técnicas que os especialistas dominam e os pais, meros mortais, não.
1. Faça do sono uma prioridade
A qualidade do sono é fundamental para o crescimento e o desenvolvimento do seu filho. Bebês que não dormem direito liberam mais hormônio do estresse, o cortisol, que os faz acordar mais durante a noite, criando um círculo vicioso de ainda mais estresse e cansaço pra todo mundo. E isso só piora quando a criança cresce. Incontáveis estudos mostram que crianças que não passam adequadamente pelo sono REM (movimento rápido dos olhos), um estágio de alta atividade cerebral, têm menos atenção, mais problemas de comportamento e não aprendem tão bem.

2. Estabeleça uma rotina
Crie bons hábitos de sono desde cedo. Bebês que já têm uma rotina de ir pra cama com 12 semanas de vida vão dormir melhor mais tarde. Em um estudo de 2009, publicado no períodico especializado Sleep, especialistas pediram para que os pais de bebês e crianças pequenas estabelecessem um regime de três passos: um banho, uma massagem e atividades silenciosas; 30 minutos após o banho, eles tinham de apagar as luzes e, então, colocar o pequeno para dormir como fariam normalmente, seja embalando até pegar no sono ou colocando na cama acordado mesmo. Três semanas depois, essas crianças pegavam no sono mais rápido do que antes, acordavam menos durante a noite e eram mais tagarelas durante o dia – assim como as mães delas, finalmente descansadas.

3. Coloque na cama acordado
Embalar, aconchegar e dar mamadeira pode até fazer seu filho dormir agora, mas, a longo prazo, o resultado não é tão bom. Sem perceber, você o está treinando para precisar de “muletas” que o façam pegar no sono, como o peito, a mamadeira, o embalo, a chupeta. Quanto mais cedo você ensiná-lo a dormir por conta própria, mais cedo ele vai aprender a se acalmar sozinho quando acordar no meio da noite. Uma boa saída é mudar a última mamada para o início da rotina de dormir – em vez de pegar no sono nos seus braços, seu filho vai para o berço depois de ouvir uma história ou após trocar a fralda. Quanto mais os pais puderem determinar a hora de dormir e acordar da criança, melhor é.

4. Faça uma massagem
Depois de analisar nove estudos sobre bebês com menos de 6 meses de idade, pesquisadores da University of Warwick, na Inglaterra, descobriram que aqueles que recebiam uma boa massagem antes de ir pra cama dormiam muito melhor. Esses bebês também apresentaram menores níveis de hormônios ligados ao estresse e níveis mais altos de melatonina, o hormônio do sono. Se isso não é suficiente para convencê-la a participar da próxima aula de massagem para bebês (a maioria dos pais que participaram do estudo foi submetida a um treinamento), saiba que massagear seu filho regularmente diminui o choro e a frequência de doenças. Ou seja, vale bem a pena.

5. Entenda a fome da madrugada
Médicos do departamento de Pediatria da Cleveland Clinic Foundation fizeram pesquisas para descobrir se alimentar bebês de 5 semanas ou de 4 meses com farinhas à base de arroz faria com que dormissem a noite toda. Eles não encontraram diferença considerável na duração do sono entre os bebês que se alimentaram com a mistura e os que só tomaram leite. Ou seja: barriga cheia não faz criança dormir melhor. O que é fato: “Bebês que mamam no peito acordam com mais frequência à noite”. Isso acontece, em parte, porque eles ficam com fome mais rápido (o corpo digere com mais eficiência o leite do peito). Claro que isso não deve ser motivo para desmamar a criança. O importante, mais uma vez, é que seu filho aprenda a dormir sozinho, sem depender do peito. Uma maneira de conseguir isso é amamentá-lo e tentar colocá-lo no berço ainda acordado.

6. Hora certa pra dormir
O truque de atrasar a hora de colocar o bebê para dormir com o objetivo de fazê-lo acordar mais tarde não funciona. Isso acontece porque, graças ao ciclo circadiano (período de aproximadamente 24 horas no qual se baseia o nosso ciclo biológico), bebês são programados para se sentirem sonolentos e dormirem cedo – entre 17h30 e 18h30. Se você enrolar e deixar o estado sonolento passar, o corpo luta contra a fadiga, produzindo estimulantes químicos. “Seu bebê começa a ficar ligado – aí é mais difícil de pegar no sono e continuar dormindo”, diz o dr. Weissbluth. Se 17h30 parece cedo demais, principalmente para os pais que trabalham, tente colocá-lo na cama até as 19h ou, no máximo, 20h.

7. Apague a luz
Tente eliminar todas as fontes de luz que podem estar atrapalhando o sono de seu filho. Até luzinhas pequenas e aparentemente insignificantes podem interferir na produção de melatonina pelo corpo. Mas não precisa deixar a criança no breu total, caso ela tenha medo do escuro. Você pode usar uma luz noturna ou até deixar a luz do corredor entrar pela fresta da porta, principalmente para crianças ansiosas. O que prejudica é a luz de um monitor de computador ou da tela da televisão, que é muito estimulante. Dra. Kim West, clínica social e autora de Good Night, Sleep Tight: The Sleep Lady’s Gentle Guide to Helping Your Child Go to Sleep, Stay Asleep, And Wake Up Happy (“Boa Noite, Durma Bem: o Guia Brando Para Ajudar Seu Filho a Dormir, Permanecer Dormindo e Acordar Feliz”), ensina uma outra técnica: sente-se ao lado do berço de seu filho e conforte-o até ele dormir. Isso vale para a noite, a hora da soneca e todas as vezes que ele acordar de madrugada, por três dias. A cada dia, afaste a cadeira um pouco mais, até chegar o dia em que você já estará na porta, só sussurrando pela fresta aberta. Em pouco tempo, o bebê estará dormindo como um anjo, ela garante.

 

4 Comments

Join the conversation and post a comment.

  1. Marcia Lima Gomes

    Legal as dicas! Mas, vale lembrar que as crianças passam por ciclos – Dentição, saltos de desenvolvimento, picos de crescimento etc e tudo isso pode interferir no sono. Ou seja, de vez em quando o seu bebê vai sair da rotina de qualquer maneira, já que ele não é um robozinho programado, né? Ah! E tem aqueles "especialistas" que advogam o "cry it out" que é deixar o bebê chorar até cansar qdo ele finalmente pega no sono. Cruel!!!

  2. Andrea

    Muito interessante as dicas. Fiz algumas dessas com a minha filha, Manu, mas teve alguns períodos que não foi fácil. Ficava exausta mesmo, só não podia perder a paciência (e a serenidade). Talvez, para mim, o mais difícil foi manter a rotina, porque eu não entendia muito isso de rotina com um bebê que estava em constantes mudanças. De uma semana para a outra eu sentia grandes diferenças no crescimento dela e não conseguia seguir uma rotina. Tinha que inovar. Acho, que cada um conhecendo bem os eu filho, sabe como chegar à um ponto de como colocá-los para dormir (para tomar banho, para comer, para dar bronca …).
    andrea, mamãe da Manu
    manias de ser MÃE.blogspot

  3. Alan Gu.stavo Bastos

    Olá, sou estudante publicitario, e estou montando um projeto de Outdoor com o Tema: ABORDO é CRIME!
    E encontrei este Bebê no seu blog,montei um outdoor com a foto dele, mas não postei pra ninguem, pois não tenho informacoes de quem seria o Bebê, se eu teria autorizacao ou não, você teria como me informar?
    meu email: mr_alangustavo@hotmail.com
    eu lhe mostro o Outdoor pra vc ver como ficou
    Obrigado

  4. Anonymous

    Todas as informações são interessantes, é exatamente isso, sou pai de primeira viagem e a primeira coisa que fiz quando meu filho nasceu foi criar uma rotina pra ele. É bem verdade que vários fatores podem atrapalhar seu bebê de dormir bem e a noite toda. Uma coisa que fiz desde quando meu filho nasceu foi o seguinte: durante o dia eu o colocava pra dormir na sala, um local com uma certa claridade e pouco ruído e nunca sozinho, mas ligava a tv baixinho, lavava os pratos e ia fazendo as coisas de casa, com muito cuidado pra não acordá-lo nem assustá-lo. A intensão era que aos poucos ele percebesse que pelo dia a gente dorme pouco, tem claridade, têm barulhos, as pessoas se movimentam de um lado para os outro e etc… Outra coisa, sempre que estava chegando a hora de dormir eu dava uma fraldinha de algodão a ele com a pontinha em suas mãos, hoje basta eu passar a fraldinha em seus dedos que ele sabe que tá na hora dele dormir.Enfim, o mais importante de tudo é criar uma rotina para o bebê e ir se adaptando aos pouquinhos a rotina dele.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *